Ser Professor do 1.º Ciclo

quarta-feira, maio 10, 2006

Jornadas de PP’06, do 1CEB: como nos podemos organizar e de que vamos falar?

Bem, como já notaram, no âmbito das Jornadas de Prática Pedagógica do 1CEB, estão todos convidados para colaborar numa intervenção em moldes que este post vai tentar ajudar a definir. Para isso preciso da vossa ajuda! Claro que estou a partir do pressuposto que conto com todos para participar nesta aventura. Acho que já disse, é no dia 8 de Junho e é a última tarefa que vos peço! Digo isto porque esta peripécia não estava incluída no plano de trabalhos que em Novembro acordámos de mútuo acordo, pelo que fica aqui o meu apelo à vossa participação.

Apesar de já ter conversado com a Dra. Isabel Candeias, que é quem tem tratado comigo as questões do programa, e de termos discutido algumas hipótese de trabalho, para esta sessão, estou ainda sem saber exactamente como avançar, pelo que queria, antes de mais, colocar-vos perante o duplo repto:
1) Numa primeira instância, gostaria de perceber quais são as vossas sugestões relativas à forma de organizarmos as vossas intervenções. Não digo mais, por agora, para não estar a influenciar as vossas opiniões.
2) Depois, num segundo nível, que não se pode demarcar do anterior, gostaria de saber o que consideram pertinente dizer acerca da vossa participação nesta investigação e, sobretudo, da vossa experiência como professores em pleno período de indução profissional, e que pode ser um contributo importante para quem ainda está na formação inicial ou para quem está prestes a passar para o vosso lado.

Quem sabe se também não se podia discutir formas de manter laços mais sistematizados entre os professores formados pelo IEC, até como uma forma de apoio aos problemas que surgem durante o período de indução profissional, situação já levantada noutros posts/comentários deste blog.
Pensem nisto e digam de vossa justiça. Fico também à espera das vossas opiniões e sugestões, pois rapidamente teremos de tomar decisões.

15 Comments:

  • Eu penso que para a intervenção no âmbito das Jornadas de Prática Pedagógica do 1CEB tem interesse fazer-se um trabalho idêntico ao realizado nas jornadas anteriores em que se contem casos reais de sucessos e angústias dos primeiros anos de trabalho, pois é isso que os colegas que estão a acabar a licenciatura anseiam saber (pelo menos era aquilo que eu tinha mais curiosidade em saber, ainda me lembro…). Apenas considero que deve ser dado uma possibilidade maior aos alunos de irem colocando as suas questões ao longo (ou não sendo possível, no final) das diferentes intervenções, pois o espaço para estas questões tem sido posto em segundo plano e penso que poderia ser muito positivo no sentido de tirar dúvidas existentes sobre temas que não foram abordados ou mesmo desmistificar vários pré-conceitos ligados à profissão.
    Quanto à participação na investigação penso que é importante focar a consciencialização do que é o período de indução, o que ele comporta e quais as suas potencialidades na definição de um perfil profissional, uma vez que é uma fase em que este se está a definir e possivelmente nos acompanhará ao longo da carreira sem sofrer grandes alterações. Conhecer melhor as dificuldades enfrentadas e armas que utilizamos (e podemos utilizar) para lhes as vencer com sucesso, penso ter sido o maior fruto deste projecto.

    By Blogger Joana Lisboa, at 5/10/2006 8:44 da tarde  

  • Olá a todos!

    Aqui vai uma ideia para a estrutura das Jornadas mas de alguém muito "leiga" no assunto...
    Penso que numa primeira parte é essencial que se faça uma breve apresentação do projecto de investigação (linhas gerais) e, para isso, ninguém melhor que o Doutor carlos.
    Numa fase posterior, surgiu-me uma ideia que não sei se é exequível!
    Acho que talvez fosse importante fazer um trabalho em grupo (os grupos formar-se-iam de acordo com os interesses de cada um de nós), em que cada um dos grupos ficasse responsável pela apresentação de uma temática trabalhada nas entrevistas. É claro que para isso é necessário que, por exemplo, o grupo responsável pelo perfil profissional e pessoal (3.ª entrevista) teria que ter conhecimento do essencial das entrevistas de todos os grupos. Para que isto fosse possível, seria necessário que o professor Carlos fizesse uma "síntese das sínteses" que nós lhe entregámos.
    Desta forma, penso que se evitaria a repetição de ideias que pode existir caso cada pessoa fale da sua participação, uma vez que, com toda a certeza, existem muitos aspectos comuns!

    Beijinhos grandes!!!

    By Blogger Ana Beatriz Costa, at 5/13/2006 10:24 da tarde  

  • Só para deixar o meu sincero agradecimento à Joana e à Beatriz. Podem crer que só as vossas intervenções já me fizeram pensar numa quantidade enorme de possibilidades. Tenho, no entanto, de não esquecer a exequibilidade… Às vezes é preciso ouvir (ler) as palavras na boca (caneta) de outros para dar o devido valor a certas coisas.

    Mais uma vez, obrigado! Espero, entretanto, por mais contributos dos restantes participantes… Vamos lá, ‘cabeças a funcionar’, ‘não se acanhem’! (é assim que dizem, quando querem ‘agitar’ as mentes dos vossos alunos?).

    By Blogger Carlos Silva, at 5/14/2006 2:35 da manhã  

  • Em primeiro lugar queria dizer que, no dia 8 de Junho, tenho marcada a apresentação de um trabalho no mestrado. Não sei se poderei estar presente nas jornadas porque a apresentação refere-se à análise de um texto na sequência de outros, pelo que a não comparência nesse dia faria com que se alterassem as datas de todos os colegas. Mas vou ver a melhor solução, até pode ser que não haja coincidência de horários.
    Quanto à apresentação nas jornadas, penso que seria interessante que o professor começasse por uma breve contextualização e síntese do estudo. Depois, concordo com a Joana quando diz que deveria ser aberto um espaço de discussão e de debate sobre temas que interessam aos alunos finalistas.
    Também seria interessante falarmos da nossa experiência, focando aspectos debatidos durante as entrevistas e abrirmos este blogue, por exemplo, como meio de comunicação entre ex-alunos e professores da universidade, onde se colocassem dúvidas, inquitações, desabafos, mas também experiências de sucesso.

    By Blogger Eva Santos, at 5/14/2006 3:44 da tarde  

  • Olá!
    Depois de alguma reflexão, e aproveitando já sugestões anteriores, cá está a minha sugestão:

    1. Introdução
    O Prof. Carlos introduz e contextualiza este trabalho de investigação.

    2. Apresentação dos grupos
    Cada grupo apresenta os seus elementos e fala um pouco sobre a situação profissão de cada um.

    3a. Discussão de um tema diferente
    Como os grupos são, na minha opinião, bastante diferentes, fruto até do momento de formação e claro das próprias pessoas, penso que seria bom abordar um qualquer tema, debatido nas sessões, e que o grupo considere mais significativo.

    3b. Discussão de um tema igual
    Por outro lado, poderia haver um conjunto de temas comuns (2 ou 3) que seriam depois abordados e discutidos sob a óptica de cada um dos grupos, com as suas diferentes perpectivas.

    4. Canais de comunicação entre professores
    Anúncio da existência de um canal de comunicação para todos os professores do IEC trocarem experiencias, pedir ajuda...
    Poderia ser algo como o nosso blog!

    NOTA: O ponto 3 tem duas opções que me parecem ambas interessantes.

    Tudo aquilo que se fizer deve, na minha opinião, espelhar a nossa realidade, e portanto falar de experiências reais. Penso que é isso que os alunos do IEC querem ouvir, porque foi isso que gostei de ouvir nas últimas jornadas. Teoria sim, mas não em demasia!

    Espero ter sido útil!
    Até breve!

    By Blogger Ana Tavares, at 5/14/2006 6:10 da tarde  

  • Olá!

    Estou um pouco na linha daquilo que a Ana estruturou para a nossa intervenção nas Jornadas.
    Seria importante dar a conhecer os diferentes percursos que cada um tomou após o término da licenciatura com vista a sensibilizar os colegas finalistas. Vejo isso como um abrir de horizontes! Entre nós, há colegas que iniciaram funções docentes logo em setembro e outros exerceram outras funções que também podem dar origem a experiências interessantes. Temos que apostar, sem duvida, na diversidade.

    Qto às formas de manter os professores licenciados em contacto penso que um blog não será a melhor opção tendo em vista o alargar de participantes (isto se a ideia é apresentar algum recurso nessas jornadas). Neste sentido, gostava de sugerir a criação de um fórum online a instalar, por exemplo, no site do IEC. Actualmente, a internet oferece mtas plataformas grátis para construir e gerir um fórum. Este tipo de recurso possibilita um registo na hora por parte do utilizador, ao invés do blog que só permite através da criação de uma conta no servidor e respectiva autorização do moderador.

    Bem, a explicação não é lá mto boa mas se o professor estiver interessado eu explico melhor. E até mostro um exemplo!! eheheheh

    By Blogger Luciana Ferreira, at 5/14/2006 8:17 da tarde  

  • Luciana, estou sensível à hipótese que coloca. Acredito que se não for uma decisão tomada por vós, dificilmente terá possibilidades de sucesso... Precisamos de conversar.

    By Blogger Carlos Silva, at 5/14/2006 11:49 da tarde  

  • Bem, nisto das tecnologias é melhor acreditar na Luciana. Estou contigo! Se precisares de ajuda...

    By Blogger Ana Tavares, at 5/16/2006 8:15 da manhã  

  • Olá professor e colegas.
    As jornadas da PP, enquanto espaço privilegiado de reflexão e de partilha de experiências, parece-me que, por si só, já assume uma extrema importância na formação de todos nós. Na minha opinião, o nosso contributo nas jornadas deveria abordar alguns tópicos, que serão essenciais à compreensão do trabalho desenvolvido. Assim, tal como a Beatriz referiu, também concordo que deveria existir uma breve apresentação das linhas gerais, que "dão corpo" à investigação, objectivos a atingir, etc...
    Posteriormente, penso que deveria ser apresentado o percurso deste projecto, através de um organigrama que evidencie a estrutura geral, se for possível. Este esquema poderia possuir hiperligações e, assim, funcionaria como um organizador avançado. Em cada um dos tópicos que compõe esse organizador, ou então nos eixos centrais do projecto, seriam efectuadas reflexões (por grupos de trabalho).
    A partir desta ideia, avançar-se-ia para a partilha de experiências sobre o período de indução profissional, salientando-se vivências, situações problemáticas, dilemas, conquistas, etc... Mas, penso que seria extremamente importante que esta reflexão se efectuasse em torno do perfil profissional preconizado pelo IEC e das competências desenvolvidas, fundamentais ao período de indução (procurando evidenciar o contributo da nossa formação inicial no período de indução). Assim, estaríamos a partilhar experiências e mostrar aos colegas como a realidade nos constrói e reconstrói. Na minha opinião, para os alunos da PP IV, estes relatos seriam muito importantes, uma vez que salientam as dificuldades sentidas e as conquistas efectuadas no período de iniciação profissional. Penso que é importante dar a conhecer relatos sobre o choque inicial com a realidade. De igual modo, para nós, professores em período de indução, é importante reflectir e partilhar o que vivemos, o que fazemos e sentimos.
    No final da intervenção, sinto que poderia ser uma mais valia efectuar uma breve avaliação de todo o processo e resultados. Isto é, sei que ainda pode ser cedo para existirem conclusões, e que, tratando-se de um projecto de doutoramento, eventualmente, não deveriam aqui ser divulgadas. Porém, seria muito bom conhecer-se a avaliação efectuada, algumas conclusões que já se podem retirar deste trabalho, entre outros aspectos. Dou esta sugestão porque reconheço o mérito do trabalho do professor e dos colegas e sei que daqui advirão conclusões muito interesses. Estou muito curiosa...
    Lembrei-me agora!! Poderiam ser detectadas regularidades nas dificuldades apresentadas no período de indução, na forma de resolver esses mesmos problemas, etc...
    Se entretanto me ocorrerem mais ideias, coloco-as no blog!!

    By Blogger Paula Ribeiro, at 5/17/2006 11:37 da manhã  

  • Olá Paula. Obrigado pelo teu comentário detalhado e muito interessante. Em breve darei notícias acerca da forma como nos vamos organizar. Certamente, aproveitarei algumas das vossas sugestões; outras, por questões logísticas, serão mais difíceis de concretizar.
    Penso também que poderei apresentar alguns resultados, ainda que exploratórios. Fiz uma análise de conteúdo do blog (a propósito de uma comunicação que vou fazer estes dias na Finlândia – é verdade, a vossa fama vai longe), focando alguns aspectos (não é exaustivo), que posso apresentar nas jornadas.

    By Blogger Carlos Silva, at 5/17/2006 6:24 da tarde  

  • Para a Finlância é que poderiam surgir os convites para participarmos..eheheh

    :)Vinham mesmo a calhar umas férias antecipadas!

    By Blogger Luciana Ferreira, at 5/17/2006 10:34 da tarde  

  • Estão a ver pq já preciso de férias? Finlância...

    By Blogger Luciana Ferreira, at 5/17/2006 10:37 da tarde  

  • Luciana, não sei o que lhe diga... Podia-lhe fazer inveja com a descrição dos pormenores da viagem... Não, isso não.
    Mas, olhe que não é assim tão difícil: uma tese de Mestrado sobre TIC e ex-alunos do IEC..., uma bolsa, uma comunicação interessante,... quem sabe!

    By Blogger Carlos Silva, at 5/18/2006 2:44 da manhã  

  • Olá a todos! Finalmente apareço, não é professor?
    Bem... Já nem sequer vou dar explicações... São sempre as mesmas...

    Gostei das sugestões dadas, principalmente a da Luciana :) ...
    Também estou a precisar MUITO de férias...

    Em relação às jornadas, concordo com muitas das sugestões, desde que tudo se baseie nas experiências profissionais contadas na primeira pessoa.
    É verdade que não há vidas iguais, mas há caminhos parecidos, que se podem seguir se os conhecermos e soubermos que valem a pena.
    Eu lembro-me que, no final do curso, as dúvidas, os anseios e até os medos "saltavam" a todo o instante. E ouvir alguém falar duma experiência que nós poderemos viver brevemente é sempre bom... Dá-nos alguma segurança e tranquilidade..
    Se calhar o início deve ser mesmo esse... Saber quais as principais dúvidas e anseios dos nossos futuros colegas.

    Beijinho a todos!

    By Blogger Mónica Silva, at 5/21/2006 4:46 da tarde  

  • Lá isso é verdade... Chegamos mesmo ao final do curso com sede de saber o que nos espera! Bem lembrado, Mónica...

    By Blogger Ana Tavares, at 5/21/2006 6:49 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home